Buscar
  • Dietas Diaria

Vida saudável para os diabetes


O que é Diabetes Tipo 1?


Em algumas pessoas, o sistema imunológico ataca equivocadamente as células beta. Logo, pouca ou nenhuma insulina é liberada para o corpo. Como resultado, a glicose fica no sangue, em vez de ser usada como energia. Esse é o processo que caracteriza o Tipo 1 de diabetes, que concentra entre 5 e 10% do total de pessoas com a doença.


O Tipo 1 aparece geralmente na infância ou adolescência, mas pode ser diagnosticado em adultos também. Essa variedade é sempre tratada com insulina, medicamentos, planejamento alimentar e atividades físicas, para ajudar a controlar o nível de glicose no sangue.


O que é Diabetes Tipo 2?


O Tipo 2 aparece quando o organismo não consegue usar adequadamente a insulina que produz; ou não produz insulina suficiente para controla a taxa de glicemia.


Cerca de 90% das pessoas com diabetes têm o Tipo 2. Ele se manifesta mais frequentemente em adultos, mas crianças também podem apresentar. Dependendo da gravidade, ele pode ser controlado com atividade física e planejamento alimentar. Em outros casos, exige o uso de insulina e/ou outros medicamentos para controlar a glicose.

Alimentos para diabéticos


Os melhores alimentos para diabéticos são alimentos ricos em carboidratos complexos como os cereais integrais, as frutas e verduras, que também são ricas em fibras, e alimentos fonte de proteínas como queijo minas, carne magra ou peixe. Assim, alista de alimentos para diabéticos pode ser composta por alimentos como:


1 - macarrão, arroz, pão, cereais tipo muesli sem açúcar de preferência nas versões integrais;

2 - acelga, escarola, almeirão, brócolis, abobrinha, vagem, chuchu, cenoura;

maçã, pera, laranja, mamão, melão, melancia;

3 - leite desnatado, queijo tipo minas, margarina, iogurte de preferência nas versões light;

4 - carnes magras como frango e peru, peixe, frutos do mar.


Esta lista de alimentos permitidos na diabetes deve ser incluída na dieta em porções adaptadas a cada diabético pelo seu médico ou nutricionista. O acompanhamento e controle da alimentação para diabéticos tipo 2 deve ser orientado pelo médico assim como a alimentação para diabéticos tipo 1, ajustando os horários e volume alimentar de acordo com o medicamento ou insulina utilizada pelo paciente.


Alimentos proibidos na diabetes


1 - açúcar, mel, geleia, compota, marmelada;

2 - produtos de confeitaria e pastelaria;

3 - chocolates, balas, sorvetes;

4 - fruta em calda, frutas secas e fruta muito doce como banana, figo, uva e dióspiro,

refrigerantes e outras bebidas açucaradas.


Os diabéticos devem ler sempre os rótulos caso de produtos industrializados, pois o açúcar pode aparecer com o nome de glicose, xilitol, frutose, maltose ou açúcar invertido fazendo com que esse alimento não esteja indicado na alimentação para diabetes.


Alimentação para diabéticos e hipertensos


Na alimentação para diabéticos e hipertensos os pacientes além de evitar o açúcar e produtos açucarados também devem evitar os alimentos salgados ou com cafeína como:


1 - bolachas de água e sal, bolachas salgadas, aperitivos salgados;

2 - manteiga com sal, queijos, frutos gordos com sal, azeitonas, tremoços;

3 - enlatados, enchidos, fumados, carnes salgadas, peixes salgados;

4 - molhos, caldos concentrados, alimentos pré-confeccionados;

5 - café, chá preto e chá verde.


Na presença de duas doenças com condicionamento alimentar como a doença celíaca e diabetes, por exemplo, ou colesterol elevado, por exemplo, é fundamental o acompanhamento de um nutricionista.


Os alimentos indicados para diabéticos com colesterol alto são alimentos naturais e frescos como frutas e legumes crus ou cozidos e preparações que evitem óleo, manteiga, molhos com creme de leite ou mesmo molho de concentrado de tomate. Consumindo a menor quantidade possível ou nenhum alimento pré confeccionado.


Como construir um estilo de vida saudável?


Variedade: coma alimentos de todo os grupos. A variedade é simbolizada por seis cores que representam os cinco grupos alimentares da pirâmide e os óleos. Isso ilustra que são necessários alimentos de todos os grupos (cores), diariamente, para que uma dieta seja considerada saudável;


Moderação: coma com maior freqüência alimentos com pouca gordura e açúcar adicionado. A moderação é representada pelo estreitamento da faixa de cada grupo alimentar, observando-se da base até o topo (de baixo para cima). A base da pirâmide contém alimentos com pouca ou nenhuma gordura saturada ou ricos em açúcar, e devem ser consumidos com mais freqüência. O topo representa os alimentos ricos em gorduras saturadas e açúcares;


Proporcionalidade: coma nas quantidades recomendadas. A proporcionalidade é mostrada pelas diferentes larguras de cada faixa vertical que representa os grupos alimentares. O tamanho das larguras sugere a quantidade de alimentos que o indivíduo pode escolher de cada grupo. Essa quantidade não está em proporção adequada, pois é apenas um guia geral. É importante a individualização;


Atividade física regular: faça diariamente. Ela é representada por degraus que o indivíduo deve escalar, funcionando como um lembrete para a prática diária de exercícios;


Individualização: o que serve para os outros pode não servir para você;


Progressos graduais: para melhorar a alimentação e o estilo de vida, inicie com pequenos passos a cada dia.





Referencia


DIABETES. Tipos de Diabetes Disponível em: <https://www.diabetes.org.br/publico/diabetes/tipos-de-diabetes> Acessado: 11 de junho 2020


TUASAUDE. Alimentos para diabéticos Disponível em: <https://www.tuasaude.com/alimentos-para-diabeticos/> Acessado: 11 de junho 2020


DIABETES . Manual de Nutrição Pessoa com Diabetes Disponível em: <https://www.diabetes.org.br/publico/pdf/manual-nutricao-publico.pdf> Acessado: 11 de junho 2020





@dietas_diaria_

#dietas_diaria_ #dietas #diabetes #vidasaudávelparaodiabetes



0 visualização

Siga-me

  • Instagram - Black Circle

Ligue

Tel: (71) 99229-5145 

  • sattaet